CANDIDATURAS 2020/2021

> CONDIÇÕES DE ACESSO

Para aceder ao Programa de Dupla Licenciatura em Direito e em Gestão é necessário ter sido admitido previamente à Licenciatura em Direito e à Licenciatura em Gestão.
 

Acesso à Licenciatura em Gestão

  • Ser titular de um curso secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
  • Ter realizado a prova de ingresso (19) Matemática A, em 2020, 2019 ou 2018.
     

Acesso à Licenciatura em Direito

  • Ser titular de um curso secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
  • Ter realizado, na Universidade Católica Portuguesa, o pré-requisito de aptidão vocacional com resultado apto (considerando as limitações impostas pelo COVID-19, as candidaturas à Licenciatura em Direito de 2020 poderão ser submetidas, excecionalmente, sem a prévia aprovação na prova de pré-requisito vocacional);
  • Ter realizado pelo menos uma das seguintes provas de ingresso - (11) História, ou (16) Matemática A ou B, ou (18) Português -  em 2020, 2019 ou 2018.

Após ter sido admitido a ambas as licenciaturas, estará em condições de ser seriado para o acesso ao Programa de Dupla Licenciatura em Direito e em Gestão.

 


> VAGAS

Informação a disponibilizar brevemente

 


> CRITÉRIOS DE SERIAÇÃO

Licenciatura em Gestão
60% - Média do ensino secundário | 40% - Nota da Prova de ingresso - Matemática A

Licenciatura em Direito
60% - Média do ensino secundário | 40% - Nota da Prova de ingresso elegível com melhor classificação

Programa de Dupla Licenciatura em Direito e em Gestão
Média das notas de admissão às duas licenciaturas (atualizada se o candidato tiver atualizado a Fiche ENES)

Minimo de 100 pontos, numa escala de 0 a 200, na média do ensino secundário e na nota de candidatura.


> CANDIDATURAS 2020/2021

Considerando as limitações impostas pelo COVID-19, as candidaturas à Licenciatura em Direito de 2020 poderão ser submetidas, excecionalmente, sem a prévia aprovação na prova de pré-requisito vocacional.

Os candidatos elegíveis, não admitidos a cada uma das licenciaturas, em cada uma das fases, transitam automaticamente para a fase seguinte, sendo seriados com os novos candidatos. Só após admissão em ambas as licenciaturas será seriado para acesso ao programa.

Se não for admitido ao Programa de dupla licenciatura em Direito e Gestão (apesar de ter sido admitido a cada uma das licenciaturas), deverá optar por frequentar apenas uma das licenciaturas, seguindo o plano de estudos geral.

 


> DOCUMENTOS | SUBMISSÃO DE CANDIDATURA

 

A candidatura pode ser realizada presencialmente ou por email, sendo instruída mediante apresentação da seguinte documentação:

  • Um dos seguintes documentos conforme tenha realizado o ensino secundário português (a) ou estrangeiro (b):
a) Se concluiu o ensino secundário português em Portugal - Ficha ENES (Exames Nacionais do Ensino Secundário) obrigatoriamente emitida em 2020(1) (solicitar no estabelecimento de ensino secundário)
b) Se concluiu o ensino secundário estrangeiro, em Portugal ou noutro país da EU - Diploma de conclusão do ensino secundário estrangeiro(2) (com indicação da classificação final e de cada um dos exames realizados E certidão de equivalência ao ensino secundário português(3)

(1)Os exames nacionais da 2ª fase podem ser usados em qualquer fase de candidaturas, desde que figurem na ficha ENES.

(2)Certidões emitidas fora de Portugal, deverão conter a Apostilha (ver aqui mais informação) ou ser legalizados por autoridade diplomática ou consular portuguesa no país de origem do documento. Quando os documentos a apresentar se encontrem redigidos em língua estrangeira que não a língua espanhola, inglesa ou francesa, deve ser entregue a respetiva tradução oficial (efetuada nos termos previstos na lei notarial).
 
(3)A certidão de equivalência é obtida numa uma escola secundária portuguesa. Veja informações aqui.

Candidatos do ensino estrangeiro em Portugal, que se tenham candidato à 1ª ou 2ª fases e cujos resultados sejam disponibilizados após o término de ambas as fases, deverão entregar o certificado de conclusão do ensino secundário até ao dia 28 de agosto. Serão admitidos aqueles cuja nota de candidatura seja igual ou superior ao último admitido na fase ou fases a que se candidataram. Estes resultados serão publicados até 01 de setembro.

Serão premiados com bolsa de mérito na Licenciatura em Direito aqueles cuja nota de candidatura os torne elegíveis (ver regulamento).

Serão premiados com bolsa de mérito na Licenciatura em Gestão apenas aqueles que se tenham candidato à 1ª fase e que apresentem uma nota de candidatura igual ou superior a 180,0 valores.

 

Atualização de Ficha ENES - Impacto na Licenciatura em Direito

A atualização da Ficha ENES, quer para candidatos admitidos na 1ª fase que tenham melhorado a classificação na 2ª fase, quer por força de melhoria no âmbito de processos de revisão de prova, deverá ser efetuada impreterivelmente até ao dia 28 de agosto:

i) Candidatos não admitidos nas duas primeiras fases, que melhoraram a classificação no âmbito de revisão de provas: serão admitidos desde que a nota de candidatura atualizada tenha resultado igual ou superior ao último admitido na fase ou fases anteriores a que se candidataram e ser-lhes-á atribuída bolsa de mérito se cumprirem as condições de elegibilidade (consultar regulamento); Resultados comunicados até 01 de setembro.

ii) Aos candidatos admitidos na 1ª fase, que tenham obtido melhor classificação na 2ª fase ou candidatos admitidos numa das duas primeiras fases, cuja classificação tenha melhorado após processos de revisão de prova, serão atribuídas bolsas de mérito desde que a nota de candidatura atualizada o torne elegível (consultar regulamento). Estes resultados serão publicados igualmente até 01 de setembro.

 

Atualização da Ficha ENES - impacto na Licenciatura em Gestão

Devem entregar a Ficha ENES atualizada, impreterivelmente até data ao dia 28 de agosto, os candidatos que tenham solicitado reapreciação do exame nacional (1ª ou 2ª fase) e cujo resultado implique:                                                     

a) no caso de candidatos não admitidos, a alteração da nota de candidatura para pontuação superior à apresentada anteriormente; 
b) no caso de candidatos admitidos na 1ª fase, a alteração da nota de candidatura (apenas por reapreciação dos exames nacionais da 1ª fase) para pontuação que os torne elegíveis para eventual atribuição de bolsa de mérito.

Estes resultados serão publicados igualmente até 01 de setembro.

 


JÁ FREQUENTA A LICENCIATURA EM DIREITO OU EM GESTAO E PRETENDE TRANSITAR PARA O PROGRAMA DE DUPLA LICENCIATURA
 

Se já é aluno da Licenciatura em Direito e está interessado em transitar para o Programa de Dupla Licenciatura em Direito e Gestão, deve candidatar-se à licenciatura em Gestão, dentro dos prazos indicados, mediante a apresentação da Ficha ENES emitida em 2020, com o exame de Matemática A realizado em 2020, 2019 ou 2018 (deve solicitar a emissão da mesma na escola secundária que frequentou).

Será seriado juntamente com os restantes candidatos, considerando a nota de Matemática A e a nota da prova de ingresso com que foi admitido a Direito (mesmo que esta última tenha sido realizada em ano anterior a 2018).
 

Se já é aluno da Licenciatura em Gestão, e está interessado em transitar para o Programa de Dupla Licenciatura em Direito e Gestão, deverá realizar o pré-requisito de Direito (procedendo à inscrição conforme referido acima - considerando as limitações impostas pelo COVID-19, as candidaturas à Licenciatura em Direito de 2020 poderão ser submetidas, excecionalmente, sem a prévia aprovação na prova de pré-requisito vocacional.). Se considerado apto, deve candidatar-se à licenciatura em Direito, dentro dos prazos indicados, mediante a apresentação da Ficha ENES emitida em 2020, com uma das provas de ingresso exigidas, realizadas em 2020, 2019 ou 2018 (deve solicitar a emissão da mesma na escola secundária que frequentou).

Será seriado juntamente com os restantes candidatos, considerando a nota de Matemática A (com que foi admitido à licenciatura em Gestão) e a nota da prova de ingresso com que foi admitido a Direito.

Se é aluno da Licenciatura em Economia, e está interessado em transitar para o Programa de Dupla Licenciatura em Direito e Gestão, deverá realizar o pré-requisito de Direito (procedendo à inscrição conforme referido acima - considerando as limitações impostas pelo COVID-19, as candidaturas à Licenciatura em Direito de 2020 poderão ser submetidas, excecionalmente, sem a prévia aprovação na prova de pré-requisito vocacional.). Se considerado apto, deve candidatar-se à licenciatura em Direito, dentro dos prazos indicados, mediante a apresentação da Ficha ENES emitida em 2020, com uma das provas de ingresso exigidas, realizadas em 2020, 2019 ou 2018 (deve solicitar a emissão da mesma na escola secundária que frequentou). Terá igualmente que fazer um requerimento online a solicitar a transferência de Economia para Gestão, fazendo referência à candidatura ao Programa de Dupla Licenciatura.

Será seriado juntamente com os restantes candidatos, considerando a nota de Matemática A (com que foi admitido à licenciatura em Economia) e a nota da prova de ingresso com que foi admitido a Direito.
 

Para estas situações, a Taxa de Candidatura é de 80€ (valor indicativo, poderá sofrer alterações).

 

Creditação de Unidades Curriculares realizadas

Se for admitido ao Programa de Dupla Licenciatura em Direito e Gestão, ficará dispensado da realização das unidades curriculares que frequentou com aproveitamento na Licenciatura em Direito ou na Licenciatura em Gestão, e que pertençam igualmente ao Programa de Dupla Licenciatura.

 


CONTACTOS

Morada

Universidade Católica Portuguesa
Gestão Serviços Académicos
Rua Diogo Botelho, 1327
4169-005 Porto
Portugal

Loja do Candidato (de junho a setembro)

2ª a 6ª feira (9h30-18h00)

Caso não tenha disponibilidade neste horário, atenderemos por marcação em horário conveniente ao candidato, para o que bastará enviar e-mail para candidaturas@porto.ucp.pt.

Telefone | Email

Tel: 351 800 105 632 / 3
Email: candidaturas@porto.ucp.pt