Bolsas de Mérito

Para os novos alunos (1º ano):

 

» Número de bolsas: Não existe um número máximo de bolsas. Todos os candidatos que se enquadrem nos critérios de elegibilidade serão contemplados.

 

» Regime e Fase de candidatura abrangida: Aplica-se exclusivamente aos candidatos do Regime Geral, independentemente da fase de candidaturas.

 

» Critérios de elegibilidade: As bolsas de mérito são atribuídas aos melhores candidatos às licenciaturas da ESB, em cada ano, de acordo com o seguinte:

  • Isenção de propinas no 1º Ano a alunos com nota de candidatura igual ou superior a 180 pontos (escala de 0 a 200);
  • 75% de redução de propinas no 1º Ano a alunos com nota de candidatura igual ou superior a 170 pontos (escala de 0 a 200;
  • 50% de redução de propinas no 1º Ano a alunos com nota de candidatura igual ou superior a 160 pontos (escala de 0 a 200);
  • Estas bolsas não são acumuláveis com qualquer outro tipo de benefício, com exceção dos benefícios sociais, e neste caso até ao limite de 100% do valor da propina anual.

 

» É necessário requerer a bolsa?: não é necessário requerer. As bolsas de mérito serão atribuidas automaticamente de acordo com os critérios definidos e divulgadas juntamente com os resultados de admissão em cada uma das fases

 

Por desempenho escolar durante a licenciatura (anos subsequentes):

  • As bolsas são atribuídas em cada ano letivo, aos melhores alunos do 1º e 2º anos transatos, nas licenciaturas com três anos curriculares, e dos 1º, 2º e 3º anos transatos, nas licenciaturas com quatro anos curriculares, de acordo com as condições de atribuição;
  • São apenas elegíveis para receberem o prémio os alunos que tenham obtido aprovação a um mínimo de 60 ECTS relativos a disciplinas do ano letivo transato, até ao final da época de recurso do 2º semestre desse ano. Para este efeito, excetuam-se as classificações obtidas por equivalência;
  • A atribuição do prémio tem como base a média ponderada por ECTS das classificações obtidas pelo aluno nas disciplinas realizadas no ano letivo transato;
  • As bolsas de mérito são atribuídas, em cada ano letivo, de acordo com o seguinte:
    • Alunos com classificação média, arredondada às décimas e calculada conforme o descrito, igual ou superior a 17,0 valores (escala de 0 a 20,0): prémio correspondente a 100% do valor da propina anual equivalente a 60 ECTS (ao valor estipulado na tabela de taxas e propinas no ano letivo em que o aluno recebe a Bolsa), atribuído da seguinte forma: 75% de redução de propinas e 25% sob a forma de Cheque-Formação, aplicável para o pagamento de propinas em qualquer ação de formação (excluindo cursos de Licenciatura) ministrada pela ESB, com uma data limite de 3 anos letivos após conclusão da Licenciatura;
    • Alunos não elegíveis em a) e com classificação média, arredondada às décimas e calculada conforme o descrito, igual ou superior a 16,0 valores (escala de 0 a 20,0): prémio correspondente a 50% do valor da propina anual equivalente a 60 ECTS (ao valor estipulado na tabela de taxas e propinas no ano letivo em que o aluno recebe a Bolsa), atribuído da seguinte forma: 25% de redução de propinas e 25% sob a forma de Cheque-Formação, aplicável para o pagamento de propinas em qualquer ação de formação (excluindo cursos de Licenciatura) ministrada pela ESB, com uma data limite de 3 anos letivos após conclusão da Licenciatura;
  • Estes prémios são apenas acumuláveis com outros prémios de mérito atribuídos pela UCP e com benefícios sociais, até ao limite de 100% do valor da propina anual; não são acumuláveis com qualquer outro tipo de benefício.

 

Esta informação não dispensa a consulta do Regulamento relativo a bolsas de mérito, disponível aqui.